sexta-feira, 30 de abril de 2010

O início (que vai levar ao fim, jajá rs)

É, essa é minha primeira postagem num blog. Sempre quis ter um blog só meu (possessivo, não?! rs), desde quando essa mania surgiu, mas nunca me dispus a tal tarefa, justamente por achar que não tinha nada de útil ou interessante pra escrever. Eu pensava: pra que serve um blog?; o que escrever?; quem vai perder tempo lendo as minhas asneiras-quase-pensadas? rs

Confesso que sou um maníaco por blogs, seja qual for o estilo (até mesmo os pornográficos! rs). Grande parte do meu menu favoritos é composto por eles. Acompanho as postagens de amigos pessoais, de personalidades de renome e até de pessoas que nunca vi. Acho essa uma importante forma de comunicação e expressão!

Enfim, resolvi criar esse blog por 'livre e expontânea PRESSÃO' de alguns amigos. Você acredita que tem gente que pensa que eu sou inteligente, sábio, que sei escrever ou falar coisas bonitas e interessantes? Tenho pena! rs

Pensei muito pra escolher o nome, o endereço digital, a idéia central, a temática... pensei, pensei e não defini NADA! O título e o endereço fazem menção a uma dúvida que tenho desde quando descobri o distúrbio psíquico de bipolaridade: bipolar, eu? É, hoje não tenho mais dúvidas!

Em breve escrevo algumas coisas sobre a bipolaridade, ainda pouco conhecida pela maioria das pessoas. Eu também desconhecia, até que começaram a me apontar como um ser tipicamente bipolar. Pedirei ajuda ao Dr. Google e trarei algumas informações pra você (além de bipolar, devo ter diversos outros distúrbios rs).

Ah, a idéia, a temática do blog é de ordem geral. Ou seja, não faço a menor idéia do que escreverei aqui. Vou tomar esse espaço para falar de coisas que me despertem atenção, seja lá o que for. E ao longo de minhas postagens você irá notar, explicitamente, a minha condição bipolar. Hoje mesmo, confesso, foi um dia bipolar. Chorei mais de meia hora, de soluçar, e meia hora depois estava estranhamente feliz, contente, sorridente, extasiado. Doido, não? É, eu disse: eu sou bipolar! (e acho que você é... e, se não for, vai ficar! kkk)

Bom, já chega por hora. Amanhã passo por aqui de novo. Espero que tenha algo útil pra escrever. Ah, prometo escrever menos e de uma forma mais lógica, entendível (vou tentar, porque a tagarelice e a falta de nexo e sentido lógico são características bastante marcantes de um bipolar!).

Inté, cumade e/ou cumpade. (posso te chamar assim, né? rs) 

2 comentários:

Ojuberun disse...

Ebaaaaaaaaa fui o primeiro a comentar,bom adorei ja esta nos meus favoritos.

Afinal tb me acho bipolar,quem sabe vc não seje mais que eu e possa me ajudar .

Abraçoss...

@KaioCrush disse...

Você é bipolar até escrevendo Leandro!
E larga de ser bobo que você muito bem ok?
Quero so ver o que vou encontrar daqui pra frente neste blog. As vezes me dá medo, sério D:

Fui

Postar um comentário