quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Alguém especial

Não quero ter que passar por outra vida para ser seu amigo, mesmo sem ter deixado de ser. Também não quero responder seu ‘adeus’ porque é uma palavra forte e definitiva, que indica um ‘fim’ que não precisa existir. Gostaria de entender melhor tudo isso... o que foi que aconteceu?! Em que lugar perdemos a essência dessa amizade?
Pensar em você como um amigo ausente, mesmo 'presente', é um sentimento horrível, que não desejo a ninguém. Vai existir uma distância, é verdade, mas não deveria existir essa barreira que colocou um ponto final que não deveria estar lá.
Me permiti guardar todos os momentos em um lugar seguro chamado coração, onde nada poderá apagar ou destruir. Guardarei os abraços, principalmente eles! Também a companhia, as risadas, os encontros com os amigos, as boas conversas...enfim, tudo, porque nada foi ruim.
É... hoje as lágrimas insistem em aparecer, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, e ainda não consegui assimilar muito bem tudo isso.
Mas... Deixando as lágrimas de lado, quero dar espaço a um sorriso! Porque afinal, hoje é o seu aniversário...e como nunca deixarei de ser seu amigo, também não poderia deixar de te desejar Parabéns! você merece toda felicidade que o mundo tem a oferecer... que seja um dia repleto de abraços e todo carinho por parte de todos que estão a sua volta. Que Deus te abençoe sempre e que você seja muito feliz...

3 comentários:

rochaandre disse...

Mano!
Novo blog e novo twitter
http://rochaandre.wordpress.com/
http://twitter.com/andrerocha_r
Beijos!

Richard Mathenhauer disse...

Nas mãos sempre sobram os perfumes das flores...

Abraços,

[Farelos e Sílabas] disse...

===

[visita nessas terras]

Sim, no coração haverá sempre as recordações da semeadura. Nem o tempo poderá removê-las. Sorrisos. Abraços. O calor da presença. O cheiro da felicidade. O poder do sentimento, do carinho, da amizade... tudo isso são sementes!

===

Postar um comentário